Precisa de ajuda?
Servidor I
Anterior
Próximo
Servidor II
Anterior
Próximo

Os Olhos de Lorenza: O mito da meritocracia

Caetano Mondadori
Caetano Mondadori

Diariamente, sou cercada por discursos meritocráticos. Na escola, alunos definem o sucesso em vestibulares como fruto único do estudo – dito como igualitário e acessível. Na internet, há a tendência good vibes, na qual gratidão ao universo e otimismo não são encarados como fatores para a conquista do equilíbrio espiritual, mas para geração da realidade material idealizada pelo consumo.
.
Tudo isso me intriga, pois os dados do Brasil sobre mortalidade, pobreza, violência obstétrica, feminicídio, etc, provam um quadro apoiado no racismo e na desigualdade. Esse quadro seria fruto do insuficiente esforço e da ausência de gratidão? Espero que você não pense que sim.
.
Primeiro, é crucial refletir como os mitos de “meritocracia” e democracia racial contribuem para a realidade distorcida atual.
.
Após a Lei Áurea, houve uma grande disparidade entre a população preta/parda e os imigrantes europeus – também explorados – em relação a consolidação do modelo de trabalho livre. Afirmo isso, pois, para os negros, não houve fim efetivo do sistema escravagista, mas a instalação de um novo sistema de servidão e políticas de urbanização higienistas, num projeto de embranquecimento. Logo, foi instaurada uma cidadania incompleta, sem direitos civis, trabalhos valorizados e integração político-social, desenvolvendo a exploração racial no molde liberal.
.
Isso afeta até mesmo aqueles que não estão em espaços subservientes. Recentemente, a não-eleição de Conceição Evaristo à ABL e a detenção da advogada Valéria dos Santos provaram que mesmo em espaços de prestígio, o racismo estrutural apresenta-se de diversas formas para a nossa deslegitimação, impedindo a existência dessa “meritocracia”.
.
Assim, o discurso da meritocracia alicerça o abismo social, ao afirmar merecimento ignorando a estrutura social. Reconhecer essa distorção é o que possibilita a análise do mérito.
.
_____
Lorenza Moraes é estudante de Ensino Médio e aluna do professor Caetano Mondadori.

Compartilhar o artigo:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Quer ler mais?
Artigos relacionados:
como começar a redação do Enem
Estrutura da Redação
3 Dicas práticas para começar a redação do ENEM

A dúvida sobre como começar a redação do Enem persegue muitos alunos. Afinal, fazer uma dissertação até pode ser fácil, mas o difícil mesmo é começar, não é? Eu entendo bem esse sentimento de insegurança por ter mentorado algumas centenas de alunos nos últimos anos. O maior desejo de quem treina redação para Enem é

Leia mais »

Quer conhecer meu curso semestral?