Dica Cultural

Dica de Filme | Sobral: o homem que não tinha preço

16

Heráclito Fontoura Sobral Pinto foi um grande jurista e brasileiro do século XX, embora seja pouco conhecido hoje em dia, o que é uma pena. Em épocas de grande repressão política, como durante a Ditadura do Estado Novo e a Ditadura Militar, Sobral defendeu ferrenhamente os direitos humanos e a democracia, mesmo colocando em risco a própria vida.⠀
.⠀
O documentário “Sobral – O homem que não tinha preço”, dirigido por Paula Fiuza e lançado em 2013, resgata a história do incorruptível Sobral e sua inegável contribuição ética e moral à nação brasileira.⠀
.⠀
O professor Caetano Mondadori recomenda a obra como um retrato de esperança para um país profundamente abalado por sucessivos escândalos de corrupção, no qual a ética, talvez como nunca antes, se torna um imperativo urgente. A crença na corrupção inerent ao povo brasileiro parece cair por terra diante da figura de Sobral, um homem que jamais se vendeu durante a vida e manteve-se fiel aos ideais de justiça e aos valores humanos até sua morte, em 1991.⠀
.⠀
A obra é, portanto, uma boa referência para dissertações que abordem temas como ética, corrupção, direitos humanos, democracia, justiça social, militância, ativismo, entre outros assuntos.⠀

#sobralohomemquenaotinhapreço#etica #justiça #documentario#dicadefilme #redação #estudante#enem ⠀

O que você acha desse artigo?

Selecionados 0

Login

Criar uma conta

Seus dados pessoais serão usados para aprimorar a sua experiência em todo este site, para gerenciar o acesso a sua conta e para outros propósitos, como descritos em nossa política de privacidade

Recuperação de Senha

Precisa recuperar sua senha? Digite o e-mail cadastrado e você receberá um e-mail com um link para criar uma senha nova.